21 abril, 2011

POEMAS PARA SEMANA SANTA

Get this widget | Track details | eSnips Social DNA



Hoje é aniversário de Brasília. Mas hoje também é o início da semana santa. Para os cristãos a data mais importante do calendário litúrgico.

A Semana relembra que Jesus foi imolado na cruz por amor aos pecadores. Por gente como eu.

Fiquem com os poemas.

A Cristo Crucificado (De autor espanhol não identificado)¹

Não me move, meu Deus, para querer-te
O céu que me hás um dia prometido:
E nem me move o inferno tão temido
Para deixar por isso de ofender-te.

Tu me moves, Senhor, move-me o ver-te
Cravado nessa cruz e escarnecido.
Move-me no teu corpo tão ferido
Ver o suor de agonia que ele verte.

Moves-me ao teu amor de tal maneira,
Que a não haver o céu ainda te amara
E a não haver o inferno te temera

Nada me tens que dar porque te queira;
Que se o que ouso esperar não esperara,
O mesmo que te quero te quisera.


Gregório de Matos

Ao Mesmo Assumpto e na Mesma Occasião



Pequei, Senhor, mas não porque hei pecado,

Da vossa piedade me despido,

Porque quanto mais tenho delinqüido,

Vos tenho a perdoar mais empenhado.





Se basta a vos irar tanto um pecado,

A abrandar-vos sobeja um só gemido,

Que a mesma culpa, que vos há ofendido,

Vos tem para o perdão lisonjeado.





Se uma ovelha perdida, e já cobrada

Glória tal, e prazer tão repentino

vos deu, como afirmais na Sacra História:





Eu sou, Senhor, a ovelha desgarrada

Cobrai-a, e não queirais, Pastor divino,

Perder na vossa ovelha a vossa glória.

Nenhum comentário: