17 março, 2011

Você é um pouco PT?

Uma pessoa de esquerda, de modo geral, e um petista, em particular vive no que eu chamaria de presente contínuo, ou como já se disse por aí, num presente eterno. Essa gente não reconhece o passado porque para eles - e isso vem de uma longa tradição de esquerda - a história deve ser reescrita o tempo todo para atender as conveniências do partido.

Imaginem que os líderes do PT estarão em festa neste fim de semana por conta da visita do presidente norte-americano Barack Obama. Quando um grupinho do PT fluminense tentou ensaiar um protestozinho contra a visita do mandatário dos Estados Unidos, estava apenas fazendo número, um H, como se diz na minha terra, dando a entender que o partido não se curvaria diante do "império". Mas não é exatamente disso que quero falar.

Um cineasta bobalhão, que não consegue público para os seus filmes, com o propósito de defender a imoralidade do Ministério da Cultura em conceder renúncia fiscal no valor de mais 1 milhão e trezentos mil reais a empresas que financiarem o blog da cantora Maria Bethânia para ela recitar poesia na internet, decidiu chamar aqueles que reagiram a mais essa indecência com o dinheiro público, de preconceituosos, ignorantes e de sem caráter. Vejam um pequeno trecho do texto do cineasta:

A gritaria contra o blog de Maria Bethânia é uma mistura de ignorância, preconceito e mau-caratismo.

Ignorância, porque parte de idéia absolutamente falsa de que os produtores do blog – que pretende exercer a tarefa vital de divulgar a poesia – recebeu ou vai receber este dinheiro do governo.

(...)

Preconceito também contra os nordestinos, nas críticas sobram piadas contra os baianos, quase todas vindas do mesmo gueto branco direitista no enclave paulista, enfim, os eleitores de Kassab e Serra, gente que lê e cita a revista Veja e beija imagens de santo para ganhar voto e acha que poesia é "uma besteira".

Não sei se o cineasta é petista, mas sua moralidade e seu raciocínio são tipicos de um militante. Ele ignora, ou finge que ignora, que a tal notinha foi passada por gente do próprio PT insatisfeita com a nomeação de Ana Hollanda, irmã de Chico Buarque, para o Ministério da Cultura, e que tenta pela imprensa desgastar a ministra.

O cineasta acusa, vejam só, os eleitores de Kassab e de José Serra pelas críticas que o projeto sofreu. Ora, meu caro, vire sua metralhadora para os correligionário da ministra. É para o PT que você deve enviar suas críticas.

É indecente sim uma artista ganhar 600 mil reais para se autodirigir

É indecente sim que a produtora que seria responsável pelo projeto tenha o sobrinho da ministra como sócio.

É dinheiro público sim, pois virá da renúncia fiscal das empresas.

Finalmente, é de uma longa tradição da esquerda acusar os adversários de preconceituosos, ignorantes e mau-caráter simplesmente porque eles não comungam de seu projeto libertário.

Não se espantem, leitores, se daqui a um tempo, esse mesmo cineasta chamar de mamata, indecência, maracutaia se essa mesma prática for adotada pelos adversários do petismo.

Você pode até não saber, mas se não vê nada demais nesse projeto do blog da Bê, no fundo no fundo, você é um pouco PT.


Nenhum comentário: