14 janeiro, 2011

As cheias...



"Cheia! As cheias! Barro boi morto árvores destroços redemoinho sumiu"¹


Essa cenas gravadas pelo cinegrafista da TV Globo são o emblema de uma tragédia e a prova definitiva de que a solidariedade humana é capaz de atos heróicos. Quem conhece de perto as aflições de uma enchente, quem já presenciou a força das águas e a rapidez com que o rio sobe engolindo tudo que encontra pelo caminho, sentiu, ao presenciar essas cenas, uma emoção difícil de descrever.

Que Deus abençoe essas pessoas que salvaram essa pobre senhora da morte certa.


1- Manuel Bandeira, Evocação ao Recife.

Nenhum comentário: