18 setembro, 2010

Às pessoas de bem

Além da bolsa, os corações!



" - Nem mais um passo, cobardes!
Nem mais um passo! Ladrões!
Se os outros roubam as bolsas,
Vós roubais os corações!..."
Castro Alve; Tragédia no Lar









A reportagem de Veja que chega às bancas neste sábado é de embrulhar o estômago. Os fatos narrados se sustentam em documentos obtidos pela reportagem e em relatos gravados por pessoas diretamente envolvidas no descalabro em que se tornou a Casa Civil no governo Lula. O cidadão honesto, que trabalha para sustentar a sua família, que paga impostos, que corta gastos para fazer uma viagem, reformar a casa, pagar a escola dos filhos; esse cidadão, quando, e, se ler a matéria, não poderá ficar indiferente. A desfaçatez chegou a um nível dificil de mensurar.

Os fanáticos, os cínicos e os oportunistas, certamente, tentarão desqualificar a revista Veja; atacando-a de "imprensa marrom", chamando-a de oposicionista, tucana, parcial, partidária, inimiga do Brasil e do povo. Há muitos anos, essa gente torpe e canalha repete exuastivamente suas catilinárias contra a revista. Aliás, para essa malta, a revista Veja, a Rede Globo e os Estados Unidos são a representação do mal. "eles", e, somente "eles", claro, só querem o bem.

Tão certo quanto a campanha de desqualificação da revista, "eles", todos "eles", negarão com impoluta indignação as denúncias. Dessa forma, ficará estabelecida a clássica linha de defesa dos ladrões que compõem o governo Lula. Atacam a imprensa, negam as denúncias, acorbetam os amigos, e, no final, ninguém é preso! Pior: aos poucos, voltam para os braços do partido. Foi assim com José Dirceu. Foi assim com Antônio Palocci. Foi assim com os "aloprados" de 2006. Foi assim com todos os petistas flagrados em crimes contra a Constituição e contra a administração pública. Tudo leva a crer que vai ai ser assim com Erenice Guerra, e sua máfia.

Em textos anteriores, encontrados neste blog, alertei contra o perigo que a vitória do PT e de seu projeto pode representar para os valores democráticos. Eles já não escondem suas intenções de cercear a liberdade de imprensa (José Dirceu declarou isso). Eles não escondem que querem extirpar do país, a oposição - o próprio presidente falou isso. São autoritários por princípio. Veem a democracia como uma etapa tática de consolidação da hegemonia do partido, e estão convictos de que a possível, quase provável, vitória da candidata deles, dará a oportunidade de solapar de uma vez por todas os valores e as instituições democráticas. Já violaram o sigilo fiscal e bancário de inimigos políticos a caseiros. Já ridicularizaram o TSE e o TCU. Já convocaram os seus militantes fascitóides para reagirem com violência contra aqueles que discordarem ou que insistirem em criticar o governo. Agora, diante de uma farta gama de provas de corrupção que acontecia na Casa Civil, próxima do gabinete presidencial, o futuro se revela ainda mais aterrador. Além da tirania, a roubalheira!!!

Não há escapatória. Os eleitores de Dilma, seus defensores ferrenhos desde sempre, e, sobretudo, a partir de agora, tornam-se cúmplices desse projeto que ameaça a liberdade e que rouba o cidadão honesto e trabalhador.

Esse texto vai para as pessoas de bem. Para as pessoas que, a despeito do crescimento econômico, do aumento do consumo, e dos índices recordes de aprovação do governo, têm valores mais altos! Gente que não coonesta com a indecência! Que se indigna com o assalto aos cofres públicos! Que não se rende à desfaçatez!


Nenhum comentário: