21 agosto, 2009

Collor, meu Deus, acertou!



Numa tarde modorrenta do dia 02 de agosto de 2009, numa dicusão, porque debate não foi, acérrima envolvendo o senador Pedro Simon e dois baluartes da ética que hoje prevalece no Senado da República, ouviu-se com espanto, não as acusações de parte a parte, os ataques baixos e as ameaças chulas, mas o vatícinio de um senador cuja presença no senado revela o nível moral dessa casa legislativa. Estou falando, é claro, de Fernando Collor de Melo.

Assistam ao vídeo ou passem direto para a triste profecia que se confirmou, para supresa dos dos ingênuos e para a vergonha dos homens decentes, com a ajuda do presidente Lula e do PT.

"(...) acho que esta Casa não pode se agachar, não pode e não haverá de se agachar àquilo que a mídia, ou certa parte da mídia deseja. Ela não conseguirá tirar o presidente José Sarney desta cadeira. Não conseguirá. Nem ela, nem o senhor, nem quem mais esteja deblaterando como o senhor deblatera parlapatão que é desta tribuna. “Peço, por favor, que antes de citar meu nome desta tribuna, Vossa Excelência engula e as digira e faça dela o que achar conveniente.”


Nenhum comentário: