04 dezembro, 2008

Lula "Sifu" da Silva.

Imagine a seguinte situação: você, na igreja, participando de um culto ou de uma missa, de repente o sacerdote durante a pregação, diz: "Caralho! Cadê a Bíblia?" Qual seria a sua reação e a dos demais presentes? Muito provavelmente de escândalo. Não ficou satisfeito? Então, tomemos outro exemplo: ainda na igreja, exortando os presentes, o sacerdote, com a face vultosa, os olhos esbugalhados, com a voz um tanto enrolada, mirando os fiéis, despeja: "Irmãos! Todos nós somos pecadores, somos maus, mas o nosso Deus é misericordioso. Imaginem se Ele ao ver nossa degradação, nossas imundícies, nossa prostração clamando por misericórdia, dissesse: "Tá chorando? Tá arrependido? Agora é tarde, amigo, "Sifu"." Como você reagiria leitor, num culto ou numa missa onde essas coisas acontecessem?

O presidente Lula hoje se superou. Ultrapassou todos os limites da compostura e do decoro. Se para um sacerdote que dirige um culto é impensável a utilização de termos chulos, para o chefe máximo de qualquer país a utilização dos mesmos numa cerimônia pública é , para dizer o mínimo, constrangedor! O que disse Lula, hoje? Vejam abaixo:

Do G1

"Tem horas que me sinto um Dom Quixote. Às vezes me sinto sozinho tentando pregar o otimismo (...)Quando o mercado teve a dor de barriga, que foi uma diarréia insuportável,quem é que eles chamaram para salvá-lo? O Estado que eles negaram durante 20 anos. É por isso que o mercado precisa de controle e de regulação"

Agora, o trecho mais escabroso:

"Imagine se um de vocês fosse médico e atendesse um paciente doente. O que você falaria para ele? Olha companheiro, você tem um problema, mas a medicina já avançou demais, a ciência já avançou demais, nós vamos dar tal remédio, você vai se recuperar? Ou você diria: Sifu? Vocês diriam isso para um paciente de vocês? Vocês não falariam." E ainda teve gente que riu!

O vídeo, até agora, não está disponível no youtube, nem no site do JN ou mesmo do G1. Aguardemos.

Clicando aqui você assistirá a uma pequena mostra da baixeza do nosso presidente.



5 comentários:

Marcelo Bandeira disse...

Qdo eu pensei q era somente os erros ediondos de portugues, ou todo os absurdos já cometidos por esse homem ignorante, imbecil, safado e despreparado, que me chocava
Toda a corrupção, mentira e ladroagem dessa corja nojenta do PT.
Vem essa: Discurso em público de um presidente da republica que diz o mercado vai sifu.
Não tem mais limites... ele se acha O Cara! fazer o que???
É relaxar e gozar.
Marcelo
Vem ai Dna Dilma.

Chacal disse...

Zé costa meu amigo, tem coisas que até Deus duvida, li alguns blogs sobre a declaração do Presidente Lula e apesar de achar o desempenho dele acima da media dos outros presidentes , a declaração foi inadequada para um Presidente da Republica. Foi Lamentável. Muito bom seu Exemplo.

Lelec disse...

Olá Zé,

Em 1998, o Lula foi à Faculdade de Medicina da UFMG, dar uma palestra. Resolvi matar uma aula e ir assisti-lo. Fiquei horrorizado com os palavrões que ele usava, já àquela época. É boçal e Hediondo que ele continue a fazê-lo no posto mais importante da República.

Abraço,

Lelec

José Ribamar disse...

Pois é, eu adoro ver estes comentários sobre os discursos de Lula. E tome-lhe a falar de seus erros de português. Pois o Marcelo Bandeira, que critica os erros "ediondos" de "portugues" de Lula é o próprio roto falando do esfarrapado. "Hediondo", Marcelo, é com "H", "português" tem acento circunflexo no "e". E nem vou entrar nos seus vários outros erros, inclusive de pontuação, colocando, p.ex., letra maiúscula depois de ":" ou "esquecendo" de colocar pontos no final de parágrafos. Meu amigo, aprenda a escrever em português antes de falar do português dos outros...

Baiano disse...

Caro Zé Costa, ainda bem que o mundo é plural! Tem alguns que detestam o Lula falando algo que supostamente é um palavrão e gostam das palavras empoladas dos Gilmar Mendes da vida. Eu, particularmente, prefiro a fala das ruas que a dos que falam bonito há 500 anos e nos levaram à situação em que estamos. Mas, para você ver uma opinião diferente da sua, leia, no Terra Magazine, o artigo do lingüista Sirio Possenti, da Unicamp. Lá, você vai descobrir que "sifu" nem palavrão é... O endereço do artigo dele é

http://terramagazine.terra.com.br/interna/0,,OI3384389-EI8425,00-Diarreia+Sifu.html

E, ao mesmo tempo, ele dá um cutucão naqueles hipócritas que falam da linguajar "extravagante" do presidente ao mesmo tempo que colocam o Faustão dizendo barbaridades piores nas tardes de domingo e exibem, em horário nobre, o famigerado BBB.

Um abraço.