25 setembro, 2008

Como todo aloprado, ela ri da Lei.


Do blog do Noblat

Elcyene Carvalho, a moça da foto acima, é o pivô da denúncia do uso da máquina pública que provocou a impugnação da candidatura de João da Costa (PT) a prefeito do Recife.

Ela era coordenadora do programa Escola Aberta, vinculado à Secretaria Municipal de Educação. E continua no cargo apesar da lambança cometida nas suas vizinhanças.

As provas do uso da máquina para beneficiar o candidato saíram de 10 computadores da secretaria. A fotografia do Diário de Pernambuco flagrou Elcyene quando se preparava para para depor diante do juiz Nilson Nery.

Estava bem-humorada, pois não? Relaxada. Pachorrenta. Quase diria feliz.

Não lembro da fotografia de algum dos aloprados de Lula que em 2006 forjaram um dossiê para prejudicar candidatos do PSDB. Na ocasião, a Polícia Federal apreendeu uma mala entupida de dinheiro, mas não permitiu que ela fosse fotografada.

Guardem a foto de Elcyene. É raro um aloprado se deixar fotografar.

Comento:

Não sei não, acho que já estão arrumando uma pereba para purgar o crime do candidato a prefeito João da Costa e do atual prefeito do Recife, João Paulo. Ambos petistas. Dentro em pouco, acho, João da Costa e João Paulo devem aparecer com aquela cara cínica e dizer: "pôxa, nós não sabíamos dos e-mails, dos convites coagindo os funcionaŕios a participar de nossa campanha. A companheira, muito zelosa, acabou metendo os pés pelas mãos, mas nós de nada sabíamos".

O que vai acontecer à aloprada? Ora, quando a poeira baixar e essa estória for mais uma piada de salão, ela será promovida, ganhado um gordo salário, pago, é claro, pelo contribuinte mané da cidade do Recife.

Nunca, nunca mesmo, a falta de honra, de senso de legalidade foi tão nefasta na história do país quanto nesse momento. Dudu beleza, governador de Pernambuco, ratificou a tese canalha de que as urnas é quem deve julgar o candidato. Nessa lógica, um político com altos índices de aprovação e popularidade pode cometer o crime que for que será inimputável! Uma vergonha!

E pensar que o Recife já contou entre seus cidadãos com o padre Frei Caneca, que em nome da honra e da lei não se curvou ao imperador D Pedro I , e no seu Tiphys Pernambucano denunciou o abuso e o autoritarismo do monarca que governo o Brasil até 1831.

A honra e a altivez dos recifenses é mesmo coisa do passado.
Panfleto da oposição, horas depois que foi anunciada a impugnação em primeira instância, da candidatura do petralha João da Costa.


2 comentários:

Anônimo disse...

Essa prefeitura do PT em Recife é pura esculhambação. É show de Sandy e Junior por 480 mil, troca de calçadão da Avenida Boa Viagem por 20 milhões,mais 3 milhões para escola de samba e por aí vai.
E ainda tem a cara de pau de dizer que "a grande obra é cuidar do povo", mas que povo?
Flávia.

Carlos Emerson Jr. disse...

A tal senhora é uma figuraça, não é mesmo ??? Infelizmente é bem capaz dessa história não dar em nada...
Um abraço.