12 janeiro, 2008

Notas escolares

Certa vez, uma orientadora educacional entrou em minha sala de aula, pediu licença, coisa rara hoje em dia, e dirigiu-se à turma nos seguintes termos:

- Pessoal, estou muito triste com vocês. Vocês estão na 7a série e já não são mais bebezinhos. É muito feio a maneira como vocês têm se tratado mutuamente. Palavras agressivas, palavrões, um mandando o outro calar a boca. Vocês já me viram mandar algum de vocês calar a boca? Professor Zé Paulo, o senhor manda seus alunos calarem a boca?

Fiquei constrangido porque minutos antes da orientadora entrar eu tinha dito a uma aluna: "M, vamos brincar de calar a boca?" A turma, diante da pergunta, não teve outra reação que não uma sonora gargalhada. Tive que responder: "Sim, eu mandei há pouco." A própria aluna M veio em minha defesa. Disse a tagarela:

- O Zé Paulo quando manda a gente calar a boca, diz com educação e carinho.

Na Italia, algumas professoras tomam medidas mais radicais.

5 comentários:

S disse...

Hey, já que gosta de dar aulas, pq não tenta tirar licenciatura em química?
Meu pai fez isso. Ele é engenheiro químico e mecânico. Até que começou a dar aulas depois que se aposentou. Dai tirou a licenciatura pq tem alguns colégios que só contratam licenciados. O pior é que agora, depois de velho, gosta tanto do que faz que pensa em mestrado só para poder dar aulas em faculdade.
Vale a pena...

S disse...

Vi a notícia no G1.
Talvez a professora não tenha cortado a l´ngua do aluno por querer. Pode ter sido um acidente.
Como a notícia não fornece muitas informações sobre o que ela fazia com a tesoura na boca dele.
Dá a entender que o aluno era hiperativo e a professora foi lá e cortou a lingua como punição. Mas pode ser que a professora estava fazendo alguma coisa, o aluno que não para quieto ter feito algo que causou o acidente.
Não consigo imaginar como a tesoura parou lá na boca da criança e nem procurei por maiores informações, mas tbm não posso viver esperando o pior das pessoas.
Eu tenho TDA e outros problemas que não vem ao caso. Ficar sentada, parada, calada e prestando atenção em algo é uma missão impossível. Só depois de grande é que melhorei um pouco. Tive problemas a vida toda na escola por conta disso...

Costajr disse...

S, eu já tenho licenciatura, mas em história. Sou formado pela UFPE. Já fui muita coisa nessa vida, de camelô a operário, e se hoje eu sou professor, é pela absoluta incompetência de ser qualquer outra coisa (hehehehehe)

S disse...

PO, que legal! =D
Tirei a licenciatura em História ano passado. Estou super feliz com isso. Tbm tenho o bacharelado tbm pela UFRJ e já fazia pesquisas com História Social do Rio de janeiro no Séc. XIX até a uns 4 anos quando resolví tirar a licenciatura.
Cansei e agora pesquiso com História da Ciência na Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz), só mantive o corte temporal, que é Império.
Tbm fiz de tudo um pouco, já fiz letras, abandonei, fui fazer direito, me formei tem 6 anos, passei em um concurso público, larguei, fiz bacharelado em história, depois tirei a licenciatura, depois passei para letras de novo... E nessa brincadeira, tenho mais de 10 anos de vida universitária na ufrj. Eu brinco dizendo que vou me aposentar como estudante! haha

Daniel. disse...

UAUHAHUAHUAHUAAHUAUHAHU!!!!