02 janeiro, 2008

Da educação.

Quem disse que educar é um ato de amor? Educar é um ato de dor. Há pouco, eu e minha mulher - mais ela do que eu - enfrentamos a mais séria birra do pequeno e bravo Estêvão. Ele chorava, soluçava, engasgava, corria o berço, levantava os bracinhos para sair de lá, e nós, com uma tremenda dor no coração, com uma vontade imensa de acudir, suportamos os minutos de protesto veemente dele e não jogamos por terra a intenção de fazê-lo mostrar que não é agindo assim que ele conseguirá as coisas.

Dizem que ao se ter filhos, perdoam-se os pais. Acho que esse adágio não está muito longe da exatidão.

7 comentários:

Anônimo disse...

Toda educação é opressora. Os pais nada fazem do que ensinar seus filhos desde cedo a se enquadrar na sociedade.
Não estou dizendo que isso é ruim. Muito pelo contrário, todo pai que ama o filho quer que ele tenha um bom futuro e boa educação. E só uma forma diferente de afirmar que os fins justificam os meios.
Quantos anos seu filho tem?

Costajr disse...

Acho que vou decepcionar você... 8 meses!

rosa disse...

Por experiencia propria (tenho dois) ainda nem começou. Qdo olhamos para aquelas carinhas fofinhas nem imaginamos o qto sao chantagistas e nos manipulao literalmente aos berros (hehehe),depois dos 4 anos eles ja conseguem argumentar isto piora a nossa vida e muito, mas vale a pena.

Abraços e boa sorte nesta caminhada.

Anônimo disse...

Uma criança com 8 meses, embora não saiba se expressar verbalmente, já tem um bom entendimento das coisas.
Ele já é capaz de aprender.
Mas sei lá, com oito meses ele aindaé muito dependente dos pais, principalmente da mãe, e um choro pode estar escondendo muito mais que uma simples manha.
Ficar atento nunca é demais.
E pq não deixa para ensiná-lo a nao ser voluntarioso quando ele tiver um ano e meio? Tão novinho assim, ele chora porque não sabe se comunidade de outra forma e não apenas por ser mimado.

Costajr disse...

Vai ficar pior? Isso me assusta!

S disse...

Corrigindo: Comunicar e não comunidade.
Nada. crianças são bençãos.
E a decisão do segundo pont posterior é bastante coerente com a decisão de não dar continuidade à confusão.
Ps. A Anônima sou eu. Nunca posto anonimamente. Estou acostumada a estar logada eternamente e nem me dei conta.
Encade isso como um prazer, um ato de amor. Senão, piora mesmo. haha

Regi@ne disse...

Educar é um ato de amor que suaviza a dor... Mas para educar a verdade tem que prevalecer sempre, mesmo com os bbs, falo por experiencia propria... Acredite a verdade ao educar faz milagres!!!