28 dezembro, 2007

Agora eu entendo o Blogildo.

Este blog tem quase 18 meses de existência. Nesse espaço de tempo, conheci blogueiros incríveis, que depois, indispuseram-se comigo por causa de minhas opiniões ou quem sabe, por causa do meu jeito de expô-las. Um caso clássico foi com o David, do Aqui não Genésio. Outros que costumavam visitar, sumiram. Fazem falta, mas paciência... O que quero dizer é que na blogosfera criamos laços de amizades que, ao menor sopro de discordância, desfazem-se.

Um dos blogs mais instigantes que conheci nesse período é o Blogildo. Toda vez que lia no tal blog um post sobre os símbolos cristãos, a teologia cristã e assuntos correlatos, sentia-me incomodado pelas posições teológicas do Blogildo. Ficava pensando: meu Deus, esse camarada, tão estudioso da Bíblia, não se acanha de defender opiniões heréticas? Que raios de Teologia é essa? Qual a religião do Blogildo? Esses questionamentos me assolavam, mas com o tempo, esquecia-os.

Todavia, num post onde o Blogildo desdenha o Natal e chega a chamar de incoerentes os cristãos que o celebram, os velhos questionamentos voltaram. Porém, dessa vez, decidi investigar. Depois de uma pesquisa na internet todas as minhas dúvidas foram dirimidas. Blogildo é Testemunha de Jeová, também conhecidos pelos termos jeovitas, russelitas ou rutherfordistas. A partir daí, tudo começou a fazer sentido. Já não estranhava as posições teológicas do Blogildo. Passei a entender porque em vários posts ele negou a Trindade, a celebração do Natal, a existência do inferno, a imortalidade da alma, a divindade de Cristo e outros pontos centrais da teologia cristã; sempre usando o argumento de que não há fundamento bíblico para tais crenças.

Quem conhece o blog do Blogildo há algum tempo, já leu diversos posts onde ele trata as doutrinas cristãs como equivocadas e, claro, aponta – sempre citando a Bíblia – onde essas doutrinas estariam erradas. O que eu acho, e aí é minha opinião, é que o Blogildo deveria, sempre que critica a teologia cristã, dizer que ele é Testemunha de Jeová, e que, por isso, defende uma posição diferente. Omitir tal informação leva o leitor a supor que ele escreve sem qualquer tipo de influência, como se estivesse num nível acima dos pobres mortais, como se não estivesse sujeito às influências de suas crenças pessoais, como todo e qualquer mortal. Não há um post sequer no Blogildo em que ele trate de questões doutrinárias, que não seja uma defesa – que é legítima, que fique claro – da seita jeovita. O que não me parece honesto é esconder essa crença.

6 comentários:

Thiago Henrique Santos disse...

Aaaa o Blogildo, essa informação eu já conhecia.

Concordo com vc, o Blogildo devia ser mais transparente e deixar claro em que lado do tabuleiro ele se posiciona.

Em todo caso, é bastante compreensível ele esconder tal informação, quem lê acha que ele é um "isentinho", pra usar os termos que ele mesmo adota. Deixar claro que suas opiniões estão fortemente atreladas a sua crença pessoal é um golpe violento contra a credibilidade que ele deseja ter.

Esconder esse tipo de informação é, além de covardia, desonestidade...

Blogildo, faça como seu adorado Olavo de Carvalho, ele ao menos tem o saco roxo de afirmar e se orgulhar de suas crenças.

Costajr disse...

Caro Thiago, você terminou seu comentário de maneira muito agressiva. Sei do perrengue que vocês travaram num passado recente, mas lamento que você tenha usado termos ofensivos.

Fique certo que a moralidade dos seguidores da seita é muito rígida. Blogildo, como bom seguidor, é um homem íntegro e só por isso, não merece as palavras acres que você usou.

Ricardo Rayol disse...

Bom, tirando o esoterismo oportunista, do qual sou um mero psicógrafo das palavras nirvânicas do mago Heitor Caolho, tudo o mais é um mistério. Por exemplo, rutherforditas daria um trocadalho do carilho. E a sequência de jeovitas, russelitas também.

Mas é um ponto interessante, o natal. Pelo que sei não está na bíblia e existe uma lenda envolvendo um Clauss em algum lugar do mundo. E Jesus não nasceu em dezembro. Ou nasceu?

O pior pra mim é esse tal OC. Alguém que pede (ou pelo menos pedia) donativos para fazer campanha em washington contra a esquerda idiota do Brasil não pode ser sério. E como é que o Thiago sabe que ele tem o saco roxo???

Saramar disse...

Eu pensei que o Bloguildo fosse ateu (risos)e concordo com você quando diz que Bloguildo deveria ter deixado claro sua opção religiosa.
Perdão, mas como tenho horror a religiões, apesar de acreditar em Deus (que não as criou), consideraria perda de tempo discutir sobre elas, não fora a influência que têm sobre a vida em sociedade, influência esta que vem crescendo perigosamente.

Costajr disse...

Esse é o ponto Saramar. Até agora, ninguém que lê o Blogildo sabia ou soube que ele é jeovita lendo o blog. É claro que há leitores que sabem, mas desconfio que sabiam antes de ler o blog.

Sei, por exemplo, que o João Batista sabia. Só não sei se ele soube disso no blog.

De qualquer maneira, meu ponto não é ele ser uma Testemunha de Jeová - cada qual com suas escolhas - mas ele falar de Deus, das religiões, da Bíblia e não revelar sua crença.

João Batista disse...

Costajr, desculpe, você me citou aqui, mas eu comentei no post seguinte antes de ler os comentários deste aqui. Coincidentemente, disse apenas como conheci o Blogildo. Sim, descobri faz certo tempo, alguns meses, que o Blogildo era TJ. Não, não soube disto no blog. Para me repetir, pesquisando sobre perseguição anticristã na Alemanha de Hitler, encontrei informações sobre a perseguição aos TJ. Partindo deste ponto, fui pesquisar mais sobre os TJ para descobrir se se encaixavam no quadro de perseguição anticristã, isto é, se eram Cristãos mesmo ou não. Foi aí, lendo a doutrina e exegese TJ, que descobri que o Blogildo era TJ, por mera impossibilidade de tamanha coincidência de crenças.

Porém, notando a discrição que ele mantinha em relação aos TJ, deixando escapar menção à seita pouquíssimas vezes (uma ou duas?), optei por manter a discrição e não levantar o tema, ao contrário de você, que já escancarou as cortinas e trouxe os holofotes. Rsrs.

Mas você está correto: descobrir que o Blogildo era TJ fez com que tudo fizesse sentido. Qual será o motivo de o Blogildo usar véu?