01 setembro, 2007

A Ética e os éticos do PT

Tem coisa de dois anos. Em entrevista à Revista Veja, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso fez uma declaração polêmica, e, muito acertada: "a Ética do PT é roubar". Pronto! Os petistas, a petralhada, os jornatralhas, gente como Pedro Dória, Azenha ou Veríssimo, ficaram vermelhos - não de vergonha, porque essa gente não cora nunca de pejo, mas de raiva. Quem era FHC para afirmar que os petistas roubavam? - Há poucos dias, foi o STF que disse, quando aceitou a denúncia por formação de quadrilha da cúpula do PT. É, FHC, mais uma vez, estava certo.

Num almoço para desagravo do mentiroso, lavador de dinheiro sujo e ex-presidente da Câmara, João Paulo Cunha, a camarilha petista vaiou os jornalistas que cobriam a pantomima esdrúxula. Estivessem ali os juízes do STF, teriam recebido os mesmos apupos. Os petistas se consideram inimputáveis. Hoje, foi o próprio Ali Babá Lula da Silva, que declarou que erros podem ter sido cometidos, mas ninguém no Brasil é mais ético que o PT. Completou dizendo que nenhum petista deve sentir vergonha do partido. Claro que não! Vergonha, o petista sentiria se fosse honesto, decente, republicano. Como bem disse FHC: a ética deles é roubar!

Se a ética do PT é roubar, claro que ninguém nesse país é mais ético que o PT

Nenhum comentário: