10 julho, 2007

Este é o Pã da mitologia, não o do Rio.

Pã perseguindo Siringe. Queria tomá-la, acabou ficando com a a flauta.


Este quadro reproduz Pã, o tal deus mitológico grego que para o repórter da Band e sua professora de português, deu origem ao prefixo pan. No post abaixo, corrijo a bobagem. Segundo o Dicionário de Mitologia Greco-Romana, publicado pela editora Abril em 1973, Pã é a divindade protetora dos pastores e dos rabanhos. Filho de Mercúrio e da ninfa Driopéia, de Júpiter e da ninfa Calisto, ou de Mercúrio e Penélope, segundo diferente tradições. É descrito como um ser meio homem, meio animal, com torso humano, cobertos de pêlos negros, cabeça e pés de bode. Habitava os bosques, preferindo as vizinhanças das fontes. Assustava os homens com sua bruscas aparições , o que deu origem a expressão "terror pânico". Personificando também a fecundidade e a potência sexual, assediava, indiferentemente, Ninfas e rapazes. Perseguiu a ninfa Siringe, (o tema da imagem acima), que, quando estava para ser apanhada, transformou-se, graças ao rio Ladão, em caniços do brejo. Pã tomou os caniços e uniu-os com cera, inventando uma flauta, a que deu o nome de ninfa.

Quando a amada o preteriu por Narciso, Pã privou-a da fala ou, segundo uma versão, atraiu sobre ela o furor dos pastores, que a despedaçaram. (...) Seu culto, originário da Arcádia, espalhou-se por toda a Grécia e chegou a Roma, onde Pã era identificado ora a Fauno, ora a Silvano, deus das matas.

7 comentários:

Blogildo disse...

Por sinal, o visual de Pã inspirou o visual do demônio medieval.

Ricardo Rayol disse...

E pelo que sei o sujeito é o maior tarado.

Victor disse...

parabéns, caro senhor. enfim, alguém mais se manifesta. eu pensei que estava louco quando assisti à dita matéria. ainda no decorrer da mesma, entrei no site do programa e procurei alertar a produção. até hoje aguardo resposta. e realmente, eu também fiquei bastante constrangido com o que ouvi, principalmente de parte da suposta professora, da UFRJ ou estou enganado? congratulo-o novamente, inclusive pela correta observação do detalhe do taxista; de fato, pânico vem do terror pânico, este incutido pelo maroto deus Pã. um abraço. victorhugoantunes@gmail.com

Costajr disse...

Pois é Victor, agora imagine uma coisa: quantos milhares de telespectadores foram mal informados por esta matéria jornalística? Pelo menos aqui, os 8 leitores dess blog já foram vacinados contra a ignorância.

O que me espanta é que ninguem na band, nem o editor, nem o revisor, nem os apresentadores, ninguém, percebeu a bobagem. Uma pena!

Serjão disse...

Costajr

Respondendo seu coment lá em casa:

Citei a Globo apenas pq é mais conhecida. Luciano do Vale é até pior do que o Galvão. Em nenhum momento eu estou questionando a postura das TVs enquanto empresas. Estão na delas. Querem ganhar dinheiro. Só não quero que me façam de idiota me vendendo camarão e em entregando sardinha. Há um claro poder de manipulação dos desinformados e alienados e o show dos Stones provou isso. Vc acha um PAN merece toda esta mobilização? O que mereceria então uma Olimpíada ou Copa do Mundo? Costa, o Rio comemorou insanamente ter conseguido o PAN vencendo San Antonio. O Rio é a segunda maior cidade do Brasil. San Antonio não é a segunda maior do Texas,cara. (perde de Hiuston e Dalas). É uma coisa menor, pelo menos eu acho.
Também citei AS apenas como exemplo.Poderia ter citado Robert Sceidt. Claro que sei o jeito "criança mimada" dele. Mas sei que na pista era diferenciado e justificava todo o ufanismo e, talvez, o paparico. O problema é que não dosam o ufanismo. Exaltam qq um. E é isso que eu critico. Não sei como os europeus tratam os eventos deles. Mas sei que este PAN só vai ter graça nos esportes que farão dele seletiva para Pequim. Ia escrever isso no Post mas iria ficar muito grande. Pode ver que no Handball e no Polo Aquático a coisa vai ferver. Mas nos esportes principais que terão ou o mundial ou pre-olimpico como seletiva pode ter certeza que vai ser um filme para atores menores. Exceto Cuba que faz deste tipo de coisa uma oportunidade de propaganda.
E, para terminar, sim: o meu padrão é alto. E gostaria que o de todo o PAN fosse assim.
Um grande abraço
PS: Se eu soubesse eu faria de novo um "Um assunto, duas opiniões" (rs)
PS: Com isso tudo vou torcer muito, cara. Não tenha dúvidas. Mas sempre com os pés no chão em caso de vitória.

Costajr disse...

Não sou muito afccionado por Esporte, excetuando o Vôlei e as provas de atletismo, os demais não mexem com meu espírito cívico.

Não quis polemizar lá na sua casa, mas ainda bem que você não deu a sugestão de um assunto, duas opiniões. Eu perderia feio (rsrsrs)

um grande abraço Serjão.

Serjão disse...

Não é polemizar, não; É apenas discordar. Estou longe, muito longe se der o dono da verdade. Gosto de discutir, costa. É sempre bom ouvir outros pontos de vista;

Abraços