18 julho, 2007

330 mortos. Até quando?

Em homenagem às vítimas, vou postar uma música do século XVIII, do compositor italiano Tomaso Albinoni. Quem quiser ouvi-la é só clicar no botão.

Get this widget | Share | Track details



Os primeiros nomes começaram a ser divulgados. Os corpos, 25 até agora, estavam carbonizados. A temperatura, por causa da explosão, ultrapassou os 1000 graus Celsius. Haverá dificuldade em identificar os corpos.

O acidente, com este avião, foi tão estarrecedor, que custo a admitir que ele tenha ocorrido. Meu Deus! Todos carbonizados! Que morte estúpida foi essa? Por que, mesmo com a derrapagem de ontem, a pista de Congonhas continuava liberada? Por que, mesmo sem as ranhuras que dariam mais segurança aos pousos, a pista foi liberada? Por que as autoridades foram tão negligentes com a segurança?

Em 10 meses, 330 pessoas morreram em dois acidentes estúpidos. No primeiro, os controladores de vôo não se deram conta de que dois aviões, em rotas opostas, dirigiam-se para a colisão. No outro, uma pista insegura, e o que é pior, com vários sinais de perigo, provoca uma derrapagem num airbus da Tam. Mais mortes. Esses acidentes são uma aberração.

Quantos têm que morrer? Quantos têm que chorar as perdas, para o governo tratar a segurança dos vôos e das pistas, como prioridade? Quantas vezes o presidente Lula repetiu que a Crise Aérea teria que ter hora e dia para acabar? O que assistimos hoje? Quantos meses, até a próxima tragédia?

Lula foi vaiado no Maracanã. O que aconteceria a Lula, às autoridades da INFRAERO, caso decidissem comparecer ao local do acidente? Vaias não bastariam. 330 pessoas mortas em 10 meses. Mortas pelo governo. As empresas aéreas têm que parar, em protesto. Alguma coisa tem que ser feita.

Quem vai consolar a mãe que perdeu o filho? O filho que perdeu a mãe? A mulher que perdeu o marido? O homem que perdeu a mulher? A nós, que perdemos a alegria. Que medida, decisão, indenização, compensará as perdas? Que dinheiro, pedido de desculpas, consternação, de quem deveria agir para evitar esses acidentes, preencherá o vazio de um abraço que nunca mais será dado? Como prosseguir... A partir de que ponto... Depois que pessoas queridas tiveram suas vidas abreviadas dessa forma?

330 pessoas mortas, em 10 meses, em dois acidentes, e os homens que deveriam evitar isso, fingem uma consternação. Deveriam se sentir culpados! Dirão que a investigação esclarecerá tudo, e ficará tudo por isso mesmo. Para quem perdeu parentes e amigos, restarão, a dor, a tristeza, o desespero, as lágrimas, a saudade, a revolta; e a certeza da impunidade dos responsáveis pela tragédia.

PS: hoje, meu blog completa 1 ano no ar. Não há nada para comemorar.

4 comentários:

Cejunior disse...

Não posso deixar passar em branco essa data, mesmo concordando com você que o momento é de tristeza. Mas pense que manter um blog no ar por um ano não é para qualquer um. Principalmente um blog de qualidade como o "Noticias do Planalto"
Então, um abraço.

Clarisse disse...

Um ano de muita dedicação a esse blog sem dúvida. Sou testemunha.

Anônimo disse...

Olá Costajr,

Realmente, o Brasil está demoronando... Está sendo roído por dentro pelas ratazanas que ocupam os cargos do governo federal. Canalhas corruptos! Criminosos assassinos!

Essa subéspecie humana petista e o lider da gang, o mulla galináceio, são os único culpados pelo caos do País...

Corja de gente imunda! Todos esses petralhas vagabundos, fedem!

Agora vou partir para o tapa à todo petista ou simpatizante desta escumalha...

Meu primeiro voto em 1982 foi neste partido que hoje é um covil de criminosos... Votava nessa gangue até 2004, quando vi que eram todos safados criminosos.

Parabéns por um ano de blog, sempre venho aqui. Continue com o ótimo trabalho. Obrigado pela música de Tomaso Albioni, em homenagem às vítimas de mais este assassinato...

Bem de acordo com este dias sombrios e tristes...

ex-petista INDIGNADO!!!

PATRICIA M. disse...

Ai, gracas ao bom Deus eu NUNCA NA MINHA VIDA fui petralha. Orgulho-me desse fato. Direita desde o berco, ate a morte!