04 junho, 2007

O PT é papagaio de Chavez. Esse partido não vale o que o periquito rói.


O PT é um partido que a cada dia mostra sua cara totalitária. Como todo bom comuno-fascista, o PT finge defender a democracia para entronizar a ditadura. Fingindo defender os interesses do povo, o PT defende os próprios interesses.

Lula, que apenas fingiu indignação contra a declaração ofensiva de Hugo Chavez ao nosso congresso, disse hoje na Índia, daquela forma brejeira e um tanto apalermada, que Chavez é parceiro, não inimigo. Claro que Chavez é parceiro, mas de Lula, do PT; não do Brasil e da democracia.

Quando o mundo civilizado assiste entre atônito e incrédulo a escalada do totalitarismo na Venezuela, explicitado pelo fechamento da RCTV a mando do governo Chavez, os bárbaros do PT, esses hunos com vários Átilas, divulgam em nota oficial, portanto, um apoio incoteste, que apóiam a decisão de Hugo Chavez de fechar a emissora que ciriticava o governo da Venezuela. Esses idiotas esperam a chance de poder fazer o mesmo no Brasil, em especial contra a TV Globo e a Revista Veja. Esquerdista é assim, não gostou do que viu, do que leu, ou do que ouviu, manda logo para o paredão.

A nota do PT afirma que Hugo Chavez, eleito democraticamente e respeitando os trâmites legais da justiça venezuelana , agiu dentro da Lei ao não renovar a concessão do sinal à RCTV. Para essa gente torpe, um político eleito democraticamente tem o direito de fazer o que quiser. Hitler também pensou assim em 1933 quando foi eleito e decidiu fechar o parlamento alemão. Será que os petistas emitiriam uma nota de apoio a Hitler? dependendo de quanto ele pagasse, aposto que sim. Claro, claro, os heróis do PT nunca enfrentaram uma eleição. Stálin tomou o poder na marra e Fidel nas armas, mas eram democratas, afinal eram de esquerda. Balela! Esquerdista odeia democracia e petista então...

A nota é uma violência e se lida nas entrelinhas, indica um viés perigoso. Primeiro reforça a grosseria que Chavez cometeu contra nosso congresso, tá bom, nossos parlamentares em sua maioria são uns crápulas; mas o ataque foi a uma instituição e uma das mais caras (no sentido de importante, leitor) à democracia. Em segundo lugar, a nota deixa como prova documental de que o PT, tem sim, um projeto para cercear a liberdade de imprensa no Brasil. Fossem mesmo comprometidos com a democracia, rechaçariam a atitude de Chavez, mas não, aplaudiram-na em nota oficial.

Abaixo, alguns trechos da nota:

a) a Venezuela é um país democrático, com um Presidente escolhido pelo voto popular, em eleições livres, disputadas por uma oposição ativa, que recebe apoio de importantes meios de comunicação;

b) a não-renovação da concessão da RCTV seguiu todos os trâmites previstos pela legislação venezuelana;

c) é público e notório que a RCTV envolveu-se abertamente com o golpe fracassado contra o governo Chávez, atitude que em qualquer país do mundo justificaria o questionamento da concessão pública a uma rede de televisão.

Portanto, reiteramos a posição do PT, em defesa da liberdade de expressão em geral, particularmente da liberdade de imprensa, motivo pelo qual nos opomos ao monopólio da comunicação por grandes empresas, que se utilizam de concessões públicas para a defesa dos interesses privados de uma minoria.

Brasília, 4 de junho de 2007.
Secretaria de Relações Internacionais do PT (SRI)


Clique aqui e veja a nota na íntegra











Um comentário:

PATRICIA M. disse...

Costa, esses caras sao contraditorios, nao?

"reiteramos a posição do PT, em defesa da liberdade de expressão em geral, particularmente da liberdade de imprensa, motivo pelo qual nos opomos ao monopólio da comunicação por grandes empresas, que se utilizam de concessões públicas para a defesa dos interesses privados de uma minoria"

E a tv publica eh o que? Nao seria um monopolio de comunicacao pelo Estado para a defesa dos interesses privados de uma minoria petralha? Ue!