01 abril, 2007

Os Neros da África!

O incêndio na Casa do Estudante na UNB ainda rende. Os organizadores de uma manifestação contra o "racismo" produziram um vídeo que está no youtube onde uma música de hip hop - ou seria rap? - divide espaço com gritos de protesto e olhares furiosos dos manifestantes. Lá pelas tantas um africano declara, sem pejo, que chegou na UNB em 1996, está há dez anos na universidade. Desconheço qualquer curso de graduação que dure uma década. O que existe nesse declaração é que esse estudante africano é apenas um militante da causa! Não está ali para se formar, mas para fazer passeatas, proferir discursos indignados, aparecer para um "publicozinho" pequeno-burguês que acha que estará redimido de pecados se defender a causa dos oprimidos. Vamos aos detalhes:

Muitos africanos que moram na CEU estão longe de serem excluídos economicamente. Muitos ostentam riqueza nas roupas que vestem e isso parece incomodar algumas pessoas. Além do mais, os africanos, com algumas exceções, vivem promovendo festas barulhentas que perturbam o ambiente da Casa do Estudante, e não raras vezes, entram em luta corporal com outros integrantes da casa. O que eles chamam de racismo ou de xenofobia, é apenas briga de estudantes. O mais grave vem agora. Uma fonte segura, morador da Casa do Estudante, revelou a este blog que os africaos têm rixa entre eles. As nações africanas não são assim tão unidas. Angolanos, moçambicanos, nigerianos etc vivem brigando entre si e os motivos são vários. Repito: O atentado é um absurdo! Mas está cada vez mais evidente que não foi racista.

Voltando ao vídeo que eles produziram e que lançaram na rede, há outra cena curiosa. O reitor da UNB, cujo biotipo serve bem para encarnar o "branco opressor e racista", é provocado e constrangido a pedir desculpas aos africanos. São dezenas de estudantes gritando, exigindo desculpas, vociferando seus mantras esquerdofrênicos e no final quem é acusado de intimidação é o reitor, por que? porque quer saber a identidade do estudante que está fazendo a gravação de suas imagens. Eles, os do bem, que querem justiça, não sabem que a lei obriga a todos que gravam imagens e sons de outros que se identifiquem? Pois obriga sim.

O vídeo precisa ser visto, insisto. É uma aula de atuação dos esquerdofrênicos. Gritos, violência, insesatez, estultície, tudo em nome da justiça e dos negros.

Aos meus amigos negros, que graças a Deus são muitos e são alfabetizados, aviso: lembrem-se de Revolução dos Bichos do George Orwell. Aquele porco que seduziu os outros animais da fazenda com promessas de liberdade e de uma vida melhor, transformou a vida dos animais no inferno ainda pior do que eles viviam. Cuidado! Não se deixem envenenar por essa gente, que como disse sua porta voz, D. Matilde Ribeiro, aceitam o ódio racial, desde que seja dos negros contra os brancos. Somos um povo mestiço e eles querem segregar racialmente um povo que tem como característica a miscigenação.

Se eu fosse o reitor da UNB, jubilava o estudante profissinal e fazia cumprir a lei na Casa do Estudante da universidade. Querem fazer bagunça, façam em seus países!

PS: Continuo desconfiando que foram os próprios africanos os autores do incêndio.

5 comentários:

PATRICIA M. disse...

Costa, se fosse aqui nos EUA, ambos os lados ja teriam sofrido as consequencias: o lado que botou fogo estaria sendo julgado e o lado dos baderneiros beberroes ja estaria de volta para o pais de origem, com qq possibilidade de volta negada. Eh isso, vem fazer baderna aqui para voce ver, eh expulso do pais e nao volta mais. Aqui as coisas sao levadas a serio. Ai, eh tudo carnaval.

Cejunior disse...

Esses "estudantes" angolanos estão aqui no Brasil em situação regular ? Digo, eles tem passaporte, essas coisas que viajantes costumam usar ???
Sei que numa favela aqui do Rio de Janeiro, a da Maré, a inteligência da PM (é, existe isso sim...) denunciou grupos de angolanos que estavam dando treinamento militar para traficantes. Os que foram presos estavam todos em situação irregular...

João Alexandre disse...

Não sei o que é pior, se é o governo mostrando sua incompetência ou as pessoas que vêem esse tipo de coisa e concordam!

yuri vieira disse...

É verdade, Zé Paulo, retirando um detalhe ou outro, nossa visão do caso é concordante. Também desconhecia seu blog. Gostei.
Abração
Yuri

Nina Pedosa disse...

Assisti o vídeo do YouTube e ele apenas reforçou a minha opinião de que esses estudantes não têm interesse algum em estarem na UNB para estudar,e sim para tentarem chamar a atenção de poucos, fazerem baderna e passar uma imagem de coitados para a população.Ridículo!