09 março, 2007

Leitora me repreende, com estilo.

Um petralha anônimo me esculhambou feio, basta ler os comentários. Revelou a mim uma obviedade sem tamanho, a saber, sou pouco lido, quase ninguém perde seu tempo comigo. Contudo, há alguns leitores que me estimulam a continuar escrevendo, ainda que faça isso tão mal. Abaixo, publico na íntegra um comentário de uma anônima, que pelo estilo e pela sagacidade não é petralha, tenho certeza. E para não dizerem que sou misógino, homofóbico, chauvinista, essas coisas, publico esse comentário que de alguma maneira me contesta. O texto é bom , vale a pena ser lido.

"Caro Costa Jr, meus cumprimentos.
Nunca fui feminista, acho até que sou um pouquinho machista, porque esculhambo mulher no trânsito, gosto que carreguem o peso das sacolinhas de supermercado e me deixem só com o pão e o papel higiênico, e - ai - considero a invasão do mercado de trabalho pelas mulheres um retrocesso cultural, uma anomalia que tirou as mães de dentro de casa e está criando um bando de doidos. Pior, um caminho sem volta, pois estamos todos cada vez mais pobres, e aí todo mundo tem que trabalhar, mesmo.
Uma vez tive que passar um jantar inteirinho lado a lado com uma dessas feministas. A figura trabalha em uma ONG e é namorada, ou sei lá como elas chamam, de um conhecido. A noite foi chata, muito chata, eu preferia ter uma amiguinha mais divertida pra passar uma rara noite de lazer falando um pouco de bobagem...
Só teve um pedacinho do seu post que me desanimou, até me tirou um pouquinho do sono, veja só como sua opinião me é relevante.
Eu fiquei muito aperreada, com aquela descrição de mulher de verdade. Gostei não.
Submeto à sua apreciação alguns pontos, por puro desabafo.
Vamos por partes...
"Mulher de verdade, daquelas que gostam de gentileza e carinho, que adora comprar vestidos, sapatos, jóias..."

Ai de mim, Costa Jr! De gentileza e carinho, tudo bem, até um cão gosta, mas o resto...eu aborreço as compras, compro roupas no último caso, porque tenho que andar vestida, não me divirto nessa atividade. Sapatos, então, nossa mãe, não há nada neste mundo pior do que um vendedor de sapataria...você chega olhando e ele já vai te cercando, literalmente pegando no pé. Pra mim, ir a shopping é um tormento.
Jóias, puxa vida! A única coisa confeccionada em ouro que já entrei numa joalheria pra comprar foi a minha aliança de casamento. Nunca me esqueço, foi na Vivara do Shopping Recife! O modelo mais simples e discreto, pois sempre achei aqueles "pneus" horríveis. Jóias caras são coisa tão distante da minha realidade, que nem vou comentar muito.
"...que passa horas discutindo sobre a diferença entre a cor salmon e a cor de telha..."

Tem que ser muito desocupada, Costa Jr, pra passar horas discutindo uma leseira dessas!

"...que vive dizendo que está gorda, mesmo tendo um IMC abaixo do padrão e você só para concordar com ela aquiesce e então ela briga dizendo que você a está achando feia..."

Agora eu me lasquei mesmo, pois NUNCA desde o dia do meu nascimento tive um IMC abaixo do padrão. Já esteve no padrão, pouquinho acima, moderadamente acima ou muito acima, mas abaixo, nunca... mulher ideal tem que ter IMC abaixo do padrão, é? Ô, Costa Jr, você, heterossexual pernambucano como eu, diga isso não, vá!!!

"... mulher que adora um elogio à sua beleza, mais do que a sua inteligência..."

Aquele típico "não esquente essa cabecinha linda pensando tanto", é?
Hmmm...

Depois que li essa parte do post me senti meio fora de qualquer padrão. Essa mulher ideal do Costa Jr certamente não fez uma graduação e duas pós, ela não passa noites em claro trabalhando - as olheiras!-, não engorda, não escolheu seu homem por amor mas sim pelas jóias ou presentes que recebeu, e finalmente não seria capaz de acabar a leitura uma obra de Dostoievski, nem mesmo pra se exibir depois. E pra piorar não sabe a diferença entre salmão e cor de telha. Eu não gostei dela. Mas vou continuar gostando do blog do Costa Jr, os homens nem sempre acertam, mas eu gosto é deles.
Beijinhos."

7 comentários:

Cejunior disse...

Eu te avisei. E olha que saiu barato!

PATRICIA M. disse...

Hahahahahahahahahahaha... Eu adoro sapatos e joias... Queria sim ter um IMC abaixo do padrao, alias, vou conseguir. So para contrastar com a sua outra leitora, eu tenho 2 pos, trabalho ferrado, mas gosto de tudo isso e mais um pouco. :-)

Consigo ler Dostoievski ate o fim, alias consigo ler muito mais coisas ate o fim. E nao estou nem ai se a cor eh salmao ou telha, porque eu gosto mesmo eh de azul. E adoro ir a shopping com amigAs e passar uma tarde inteira falando bobagens e bebendo espumante, assim como adoro passar uma noite com amigOs discutindo politica e economia, bebendo cerveja...

:-) Eu so nao tolero feministas. Mas sou vaidosa, gosto de varias coisas femininas, e o melhor de tudo, TENHO CEREBRO! hahaahahha. Beijinhos Costa!

Blogildo disse...

Cara, é tudo opinião. A sua e a dela são igualmente válidas. Não é um caso de 'certo ou errado' ou 'isso ou aquilo'.
Da mesma forma que existem homens de vários tipos, existem mulheres de vários tipos. Desde a simpática anônima que te escreveu até as pin-ups da vida.

Abraço!

Costajr disse...

Você, amigo Blogildo, anda lendo muito Protágora de Abdera!

um abraço.

Ricardo Rayol disse...

Zé, ela te esculhambou com uma classe que eu nunca vi. O mais engraçado que as vezes escrevemos algo com uma idéia na cabeça e a interpretação é completamente equivocada e nos lascamos. Saiu barato como disse o Cejunior ehehehehehe

david disse...

Quebraram suas perninhas foi? Acontece.
Mas liga não, tu é muito mais bunitim que a camélia que morreu...

hehehe

André disse...

O seu texto ficou ótimo e a resposta dela também. Gostei daquela parte "entre a cor salmão e a da telha"...