18 janeiro, 2007

Seis Meses na rede.

Hoje, dia 18 de janeiro, o blog Notícias do Planalto completa seis meses de existência. O blog não traz o número invejável de visitas que outros blogueiros amigos ostentam, os leitores são sábios, não perdem seu tempo com qualquer coisa. O blog também não registra mais do que 16 comentários -recorde- e claro, desses 16, 8 ao menos são meus, outros tantos é de companheiros gentis que praticam a caridade para comigo.

Esse blog nasceu em julho. Eu estava de férias, minha mãe pela primeira vez visitava Brasília, a máfia das ambulâncias ainda era um assunto que indignava sociedade e políticos. Decidi então exercitar minha pretensão de escrevinhador. De lá para cá, algumas coisas mudaram, outras contudo, continuam aborrecidamente iguais.

Há muito tempo, no blog do André Wernner, li sobre algumas manias que as pessoas tinham. Tenho muitas, uma das poucas publicáveis é de reler nos arquivos o que escrevi. O método é assim: publico um post hoje, dia 18 de janeiro, então lá vou eu para todos os posts que fiz no dia 18. Muitas vezes rio do que escrevi, outras vezes coro de vergonha, mas em todas sinto uma satisfação especial.

Quando fiz esse blog imaginei que meus amigos de trabalho, de Recife, meus alunos, prestigiariam esse espaço, ledo engano. Meus amigos do trabalho tem mais o que fazer; os amigos de Recife têm uma vaga lembrança de mim, e os alunos, bem... os alunos têm outras preocupações. Mesmo assim, continuo mantendo o blog por causa de 11 leitores, não refiz o censo, temo que seja 3, e como forma de terminar esse post que comemora essa efeméride, vou publicar um poeminha de Manuel Bandeira, quem quiser faça suas leituras.


Cotovia

— Alô, cotovia!

Aonde voaste,

Por onde andaste,

Que saudades me deixaste?


— Andei onde deu o vento.

Onde foi meu pensamento

Em sítios, que nunca viste,

De um país que não existe . . .

Voltei, te trouxe a alegria.


— Muito contas, cotovia!

E que outras terras distantes

Visitaste? Dize ao triste.


— Líbia ardente, Cítia fria,

Europa, França, Bahia . . .


— E esqueceste Pernambuco,

Distraída?


— Voei ao Recife, no Cais

Pousei na Rua da Aurora.


— Aurora da minha vida

Que os anos não trazem mais!


— Os anos não, nem os dias,

Que isso cabe às cotovias.

Meu bico é bem pequenino

Para o bem que é deste mundo:

Se enche com uma gota de água.

Mas sei torcer o destino,

Sei no espaço de um segundo

Limpar o pesar mais fundo.

Voei ao Recife, e dos longes

Das distâncias, aonde alcança

Só a asa da cotovia,

— Do mais remoto e perempto

Dos teus dias de criança

Te trouxe a extinta esperança,

Trouxe a perdida alegria.



5 comentários:

Catellius disse...

Grande Costa Jr
Parabéns pelo aniversário do Blog. Você foi uma das primeiras pessoas que postaram em meu blog, mais recente, de novembro de 2006, no post sobre o Niemeyer.
Terei mais tempo doravante para entrar nos blogs e, certamente, serei freqüentador assíduo do Notícias do Planalto.
Meu blog não é mais o Eneadáctilo, agora é Pugnacitas e meu amigo Heitor Abranches agora é membro e tem postado por lá, mais textos sobre política.
Um grande abraço.
Catellius

Suzy Tude disse...

Costa Jr, você está de parabéns! Não deve ser fácil manter um blog e sua qualidade por tanto tempo.
Sabe essa mania que você mencionou? Eu também tenho, e durante a releitura, nem uma vez sinto o prazer de concordar com aquilo que escrevi, ou como escrevi. A maioria das vezes me pergunto onde andava minha cabeça? E me envergonho da grande maioria do que escrevi.
Quanto aos seus leitores, me incluo assiduamente neles, a não ser quando tirou uma folguinha. Nem sempre posto comentários, mas a cada vez que faço-lhe uma visita, minha admiração cresce pelas idéias claras, pelo posicionamento franco, enfim qualidades que talvez você nem perceba que tem.
E não se iluda quanto ao número de leitores, ele é bem maior do que você pensa. Eu também já pensei assim, instalei inclusive um sitemeter para verificar se eu estava correta na minha suspeita.
Mas penso que mais importante que a quantidade de leitores é o exercício de escrever e tentar ordenar as idéias. É esse exercício, que inclui a releitura, que nos permite ser críticos de nós mesmos, e tudo isso nos integra cada vez mais no processo do conhecimento, que não tem um ponto final.
Claro que considero a troca de idéias muito importante, mas isso sempre acaba acontecendo.
Você, como professor, sabe disso bem melhor do que eu.

Parabéns mais uma vez e um grande abraço

Suzy Tude disse...

Costa Jr, você está de parabéns! Não deve ser fácil manter um blog e sua qualidade por tanto tempo.
Sabe essa mania que você mencionou? Eu também tenho, e durante a releitura, nem uma vez sinto o prazer de concordar com aquilo que escrevi, ou como escrevi. A maioria das vezes me pergunto onde andava minha cabeça? E me envergonho da grande maioria do que escrevi.
Quanto aos seus leitores, me incluo assiduamente neles, a não ser quando tirou uma folguinha. Nem sempre posto comentários, mas a cada vez que faço-lhe uma visita, minha admiração cresce pelas idéias claras, pelo posicionamento franco, enfim qualidades que talvez você nem perceba que tem.
E não se iluda quanto ao número de leitores, ele é bem maior do que você pensa. Eu também já pensei assim, instalei inclusive um sitemeter para verificar se eu estava correta na minha suspeita.
Mas penso que mais importante que a quantidade de leitores é o exercício de escrever e tentar ordenar as idéias. É esse exercício, que inclui a releitura, que nos permite ser críticos de nós mesmos, e tudo isso nos integra cada vez mais no processo do conhecimento, que não tem um ponto final.
Claro que considero a troca de idéias muito importante, mas isso sempre acaba acontecendo.
Você, como professor, sabe disso bem melhor do que eu.

Parabéns mais uma vez e um grande abraço

Rodrigo da Fonseca disse...

Professor Ze Paulo,
Quero aplaudir seu blog. Acho de primeira qualidade! Minhas férias não estão pra muita diversão.Não sai de Brasilia e o que tenho feito é assistir os noticiarios. É meio estranho, mas tenho gostado de ficar vendo a realidade do Brasil e do mundo. Repito é bem estranho, mas mesmo assim é o que tenho ocorrido. Desde o blog que você postou sobre as questões do Pas tenho vindo ver as vezes o seu blogger, e novamente parabenizo por tanta qualidade. Adimiro sempre suas criticas.
Um grande abraço! Vá em frente com seu trabalho!
Seu aluno Rodrigo da Fonseca.

Costajr disse...

Pôxa Rodrigo, seu comentário foi uma dos mais importantes que recebi nesses seis meses do blog. Talvez você não saiba, mas quero registrar aqui para você e para as demais pessoas que visitam esse blog - não se preocupe, são poucas- Você Rodrigo é um aluno admirável! Poucas pessoas são assim como você, determinadas,pacientes, gentis e solidárias, essas qualidades fazem de você não apenas um aluno vencedor, mas uma pessoa vencedora. Obrigado pela visita e pelo comentário.