22 dezembro, 2006

Estou de Férias!











Estou oficialmente de férias e com aquela sensação de não ter nada para fazer. Terei mais tempo para o blog, embora agora me falte assunto, ou melhor, inspiração para postar algo relevante. Vou navegar nos blogs dos amigos: André, Rayol, Carlos Emerson, Sônia, Paty NY, David, Blogildo, Luís Ricardo, e tantos outros que fiz na blogosfera. Já publiquei aqui antes, mas não custa nada publicar novamente essa magnífica poesia de Fernando Pessoa que ilustra meu espírito nessas férias que começam hoje.

Como ninguém é de ferro vou postar uma notinha:

Deputados querem fugir no avião da FAB

A maioria dos jornais e blogs fizeram uma leitura equivocada do pedido do deputado petista, Gilberto Machado, para que deputados do Nordeste fossem em aviões da FAB para suas bases. Não se trata de mais um privilégio absurdo, é covardia pura e simples. Quando em Salvador, uma louca meteu a faca no minúsculo ACM neto por causa dos 91%, muitos deputados passaram a ficar ressabiados com essa gente volúvel chamada eleitor brasileiro. Imaginem o que pode acontecer a um parlamentar nos aeroportos desse país? É melhor não arriscar.

LIBERDADE

Ai que prazer
não cumprir um dever.
Ter um livro para ler
e não o fazer!
Ler é maçada,
estudar é nada.
O sol doira sem literatura.
O rio corre bem ou mal,
sem edição original.
E a brisa, essa, de tão naturalmente matinal
como tem tempo, não tem pressa...

Livros são papéis pintados com tinta.
Estudar é uma coisa em que está indistinta
A distinção entre nada e coisa nenhuma.

Quanto melhor é quando há bruma.
Esperar por D. Sebastião,
Quer venha ou não!

Grande é a poesia, a bondade e as danças...
Mas o melhor do mundo são as crianças,
Flores, música, o luar, e o sol que peca
Só quando, em vez de criar, seca.

E mais do que isto
É Jesus Cristo,
Que não sabia nada de finanças,
Nem consta que tivesse biblioteca...

Nenhum comentário: