23 dezembro, 2006

Amor, amor. Negócios à parte.

Foi Nelson Rodrigues que disse: “ciúme de homem e ressentimento de mulher são fatais” Nessa antevéspera de Natal eis que um crime deixa atônita a sociedade de Brasília. Calma meus queridos 11 leitores, não se trata da morte de algum ministro ou político, são outros os bandidos da história.

A jovem Larissa Gomes, 23 anos, enamorou-se de um rapaz de 19 anos, chamado David Palmas, há duas semanas. Da conquista para os tiros foi um passo. Nossos amantes vivem na Ceilândia, uma cidade satélite muito simpática aqui do Distrito Federal, mas que apresenta altíssimos índices de criminalidade. Segundo as investigações da polícia, a jovem Larissa não suportou a traição de seu atual grande amor, e por vingança, junto com mais dois comparsas, matou com 6 tiros seu namorado. Se vocês estão pensando num triângulo amoroso, sinto frustrar suas expectativas românticas, ainda que trágicas. O motivo do crime passional foi o furto de 500 g de maconha feito pelo rapaz e que pertencia à sua namorada. Inconformada com a “trairagem”, nossa meiga Larissa, que cansada de procurar emprego encontrou uma vaga de traficante, decidiu dar cabo da vida do namorado. Vejam o que ela declarou à polícia quando foi presa: “Vingança se paga é assim. Confiei nele e ele vacilou, azar o dele”

Não entendo nada da Cannabis sativa, mas desconfio que 500 gramas dá para produzir uma boa quantidade de baseados. O rapaz, que não se sabe se era viciado, talvez quisesse o 13º salário e como não pode aumentar os prórpios rendimentos, essa prerrogativa é de bandidos engravatados e togados, acreditou naquelas juras de Larissa de que tudo que era dela era dele, e acabou se dando mal.

Fosse Larissa atriz global e o David PM, todas as revistas e programas patrocinados pelo D.I.V.A (Departamento de Investigação da Vida Alheia) estavam de plantão, exibindo simulações e colhendo depoimentos de parentes e amigos, mas como são apenas dois jovens pobres e excluídos, que não deram bola para a escola e vivem na Ceilândia, o máximo que conseguiram é ter sua trágica história de amor registrada no modesto blog do Costa Junior.

Um abraço para todos e Feliz Natal!

3 comentários:

Anônimo disse...

CostaJr, grato pela visita e pelos votos. Que o Natal e 2007 sejam de paz, alegria e saúde.
Felicidades!

Anônimo disse...

Ah....500 grs dá pra um montão mesmo.

Modesto blog não Zé. Digamos que em franca ascensão. ;)

Anônimo disse...

Se fosse cocaína eu até imagino q o prejuízo tivesse sido grande o suficiente para enlouquecer uma jovem desafortunada... mas acho q maconha é hiper barata e apesar de render muitos "becks" não adultera bolso de pobre.
Parece q a vida está cada vez mais desvalorizada no mercado, qualquer dia se matará por uma bagana...
É o q eu chamo de empobrecimento da alma.
Qt a dizer q seu blog é humilde, desculpa discordar, esse blog é imperdível e eu faço votos q cada vez mais blogueiros disfrutem do prazer de visitá-lo.
Um grande abraço
SôniaSSRJ