20 outubro, 2006

Os homens do presidente ou "os aloprados"

Vejam esse filme e entenderão tudo!





Sou de Recife, moro em Brasilia desde 2004. Lá em Monsenhor Fabrício, periferia do Recife, a casa de meus pais está a cerca de 500 metros do rio Capibaribe. Aliás, recifense tem obrigatoriamente uma relação próxima com os rios. Nossos maiores poetas, Bandeira e João Cabral, não cansaram em suas poesias de cantá-los. Sugiro ao leitor, os petistas podem ler também, Evocação ao Recife de Bandeira e O Rio, de João Cabral, vale a pena se alma não for pequena. Por que esse intróito? Lembrei do rio, porque lembrei de um ditado de pescador que diz: Peixe morre pela boca.

Acaba de sair no JN: o chefe do gabinete da presidência da república, Gilberto Carvalho, o mesmo que está envolvido e sabe mais do que diz sobre a morte de Celso Daniel, confirmou, vejam o verbo, não é uma versão ou ilação, mas uma confirmação de que ligou sim, no dia 15 de setembro para Jorge Lorenzetti por duas vezes. Foi nesse dia que ficamos sabendo da prisão dos petralhas Valdebran Padilha e Gedimar Passos pela Policia Federal com quase 2 milhões de reais levados em malas por outro petralha, o Hamilton Lacerda, coordenador de imprensa do candidato petista Aloizio Mercadante. Vamos à cereja do bolo: Nesse dia 15, o nome de Jorge Lorenzetti, prestem atenção nesse detalhe, ainda não havia aparecido nas investigações. Hoje, o relatório parcial da Policia Federal acusa Lorenzetti de ser o principal articulador da compra do dossiê fajuto, mas no dia 15, ninguém, nem à PF nem a imprensa, sabiam do envolvimento de Jorge Lorenzeti.

Gilberto Carvalho confirmou que ligou no dia 15 para o churrasqueiro do presidente porque são amigos e ele queria saber mais detalhes sobre a prisão dos petralhas no hotel IBIS, o estranho e muito suspeito é por que Gilberto Carvalho imaginaria que Jorge Lorenzetti pudesse ter alguma informação sobre as prisões, a não ser, e isso é uma ilação possível, que o gabinete presidencial soubesse do que estava acontecendo e do risco que se corria. O chefe de gabinete do presidente disse mais: Disse que só falou com o presidente Lula à tarde, e segundo consta Lula, que não sabe de nada, ficou indignado, mas não quis saber de mais detalhes.

Observem os fatos: Gedimar Passos, preso, disse que quem mandou comprar o dossiê fajuto foi Freud Godoy, assessor especial da presidência, depois, confirmou isso na acareação, mais tarde após uma reunião secreta com o próprio Godoy, mudou seu depoimento. Quando ninguém sabia do envolvimento de Jorge Lorenzetti que também é o churrasqueiro do Lula, o tutor de Lurian, filha do Lula, membro da diretoria de um banco estatal de Santa Catarina e chefe da "inteligência" da campanha pela reeleição, o secretário da presidência, Gilberto Carvalho, ligou para o dito cujo para saber das prisões efetuadas pela Policia Federal em São Paulo. Por quê?

O que resta aos petistas? Buscarem o apoio das massas, e claro, satanizar a imprensa e as forças conservadoras que estão mancomunadas para impedir a reeleição de Lula.

Nenhum comentário: