24 setembro, 2006

Tarso e a afundação do PT

Tarso Genro tem uma filha maluca, a Luciana Genro, acho que a loucura e a esquerdofrenia ela aprendeu com o pai. Em entrevista ao site Carta Maior, o ministro das Relações Institucionais do Governo Lula, ex-presidente do PT pós - mensalão e ex-ministro da educação, anda tendo ataques histéricos após o caso do falso Dossiê contra políticos do PSDB. Ele volta a defender a balela da Refundação do PT. Toda vez que o PT faz o que Paulo Betti sugeriu, lembram? meter a mão na merda, lá vem Tarso com esse papo furado de Refundação. Alguns trechos de sua entrevista no entanto, são esclarecedores, mesmo para os petistas fanáticos ou pseudo-informados. vamos a esses trechos:

CARTA MAIOR: Ministro, por que tentar comprar informações para mostrar que a chamada “operação sanguessuga” começou na época de Serra, se os dados de que 70% das ambulâncias foram liberadas por ele estavam disponíveis nos balanços oficiais da administração?
Tarso Genro: Isso só pode ser fruto de uma política deformada da parte de um partido que não compreendeu não só o período histórico em que vive como também a natureza de um partido democrático e socialista. Trata-se, na verdade, de uma zona cinzenta da moralidade política que se origina de uma visão distorcida de como se faz o combate democrático com base socialista, numa sociedade democrática. Essa cultura deformada é que leva pessoas a adotarem esses métodos. As pessoas têm que ser punidas exemplarmente, é obvio, mas sobretudo essa cultura política é que tem que ser derrotada dentro de nosso partido. e acrescenta: "O que acaba de acontecer com o PT é mais um elemento demonstrativo de que a refundação é radicalmente necessária.”

Como um perfeito petista ele parte para o ataque: “Há uma tentativa de golpe, irresponsável e oportunista . A direita reconheceu sua derrota e está criando as condições para golpear ou a diplomação, pela via judiciária, ou gerar um grau de instabilidade tal no segundo governo que impossibilite a governabilidade. É uma aventura da elite brasileira...”

Vencer as elições nas urnas seria golpe ministro? Investigar a origem do dinheiro, que o presidente, o ministro Márcio Thomas Basto e a Polícia Federal já sabem, mas não revelam, estão montando mais uma patifaria, aposto, é ação golpista? Esses petistas são irrecuperáveis! No Duplipensar petista, Caixa dois é Recursos não contabilizados; reunião de militante para vender matéria falsa à imprensa é encontro de interesse jornalístico; Denunciar os crimes do PT que o ministro reconhece, é Golpe!

A estratégia meus leitores é óbvia: Descolar Lula do PT. O presidente é um bem intencionado, o PT, isto é, alguns membros do partido, não importa se são próximos da cúpula, é que foram culpados por essa lambança! Veja como Tarso tenta desvincular Lula do PT: "... os méritos do governo são muito maiores como méritos do presidente Lula do que méritos do aparato partidário que lhe deu sustentação." Eis a tese do governo sem máscaras! Lula é bom, o PT é mau! Mas não foi o próprio Lula que disse que ele e o PT era uma coisa só?

A eleição vai para o Segundo Turno, não tenho dúvida! a democracia agradece!





Um comentário:

andre wernner disse...

Caríssimo,
Essa história de "refundação" do PT é pura balela, como se diz, na falta do que dizer, o negócio é encher linguiça. Dá uma resposta qualquer, de preferência que gere polêmica, que daí o assunto sai do foco.

Porque só quando membros do partido são pegos com a mão na botija, volta-se a falar na tal "refundação", ou que precisa "depurar" o partido etc.

Esse partido não tem mais jeito. A hora que o Lula deixar o poder, o PT não vai acabar - ele é um monstrengo de muitos tentáculos - mas jamais será um partido olhado com a admiração, como um braço de luta, por um país melhor. Será apenas mais um.

O discurso de Tarso Genro é uma balela. Mas é bom pra a gente saber o que eles pensam. E se estão pensando realmente a favor da sociedade ou de interesses pessoais ou de grupos.

Parabéns pelo blog. Difundir informação e cultura é obrigação de todos nós. E a sua parte, você está fazendo com esmero!