26 setembro, 2006

O aloprado Lula

Os petistas andam assanhados e os motivos de tanta alegria não deixam de ser um sinal dos tempos. Numa espécie de mantra os petistas justificam as falcatruas do PT e de Lula com o argumento de que a corrupção vem desde o governo anterior. Em síntese e sem meias palavaras é o seguinte: Nós roubamos, mas eles também roubavam. A diferença é que nós roubamos pela causa e eles para enriquecerem. O discurso da ética, do combate a corrupção eram bravatas como admitiu o chefe da gangue, o aloprador-mor, o presidente Lula. Mas já desviei o assunto. Descobriram que os dólares entraram no Brasil de forma legal, os militantes petistas, os fanáticos, fizeram festa como se tivessem tirado um peso das costas, mas o problema continua. Quem é o dono do dinheiro? Qual sua origem, ainda que legal? Aliás, o FBI humilhou nossa PF e Coaf, já descobriu com um pequeno indício de que banco os mais de 200 mil dólares saíram. Nossa polícia e o Coaf escondem o que já sabem. Esperam, claro, Lula levar no Primeiro Turno. Legal ou não, esses petistas cometeram um crime, e devem pagar por ele.

Outro motivo de euforia foi a PF (sempre ela e cada vez mais desacreditada, pois está se transformando aos poucos na Gestapo petista) dizer que não houve grampo nem havia grampo no TSE, esqueceu de dizer que fez a varredura 48 horas depois da denúncia, tempo de sobra para os arapongas tirarem os vestígios do crime. Em outras palavras o que a PF disse foi o seguinte: Os ministros do TSE mentiram sobre o grampo.

Os petistas sorriram quando o Ministério Público informou que vai investigar o Abel da gestão de Barjas Negri que substituiu Serra no Ministério da Saúde no governo FHC, é a tábua a que eles se agarram: "nós roubamos, tá certo que a gente dizia que não roubava, mas isso era bravata para enganar os trouxas, mas eles também roubam, por isso somos iguais a eles". Contudo, Serra segue incólume até agora, por isso a vitória petista não será completa!

A eleição precisa ir para o Segundo Turno, a democracia exige, o país clama, se não... serão as trevas!
Deus nos livre de um segundo mandato do aloprado Lula

Um comentário:

andre wernner disse...

O mais incrível dessa situação é que o PT passou toda a sua existência declamando em prosa e verso a seriedade, honestidade e os novos tempos para o povo brasileiro, pautando pela ética e o fim da corrupção!

Nada como o tempo - nosso melhor aliado - para mostrar a verdade. Que é triste e desmonta um discurso de décadas, que era e é tão populista e rasteiro, que nesses últimos quatro anos mostrou a sua verdadeira face, e já causa indignação aos brasileiros mais esclarecidos.

Só o voto consciente limpa a Pátria amada!