27 setembro, 2006

Mantega: "... há coisas que não é possível apurar"

Acabo de ler na Folha que o ministro da fazenda, a quem o Coaf (Conselho de controle de atividades financeiras) está subordinado, disse que não se pode ter pressa para apurar a origem do dinheiro que seria usado na compra do dossiê. São quase 2 milhões de reais, e para o ministro esse valor dificulta o rastreamento.

Na época em que o caseiro Francenildo recebeu em sua conta 25 mil reais, o ex-ministro Palocci soube pelo Coaf que havia uma movimentação suspeita, de forma ilegal e procurando desmoralizar aquele que escancarava para o país os negócios sujos de Palocci na mansão do Lago Sul, mas 2 milhões de reais, para Mantega é dificil de rastrear.

Cabe a pergunta: Será que se descobrindo a origem da grana a cara de Lula e de seus cúmplices ficassem livres essa revelação já não tinha sido feita? Tenho certeza que sim. Os petistas, o governo e a PF sabem que essa revelação atrapalharia os planos de reeleição de Lula, por isso portergam, ganham tempo, quem sabem armam uma estratégia para livrar a cara barbuda e cínica do presidente.

O pior contudo ainda não foi dito: Mantega disse em alto e bom som para uma platéia de empresários o seguinte: "O Coaf está trabalhando e quando tiver a resposta, e se tiver, porque há coisas que não é possível apurar, serão transmitidas para órgãos competentes."

Pode ser que o Coaf não consiga apurar, eis o governo do PT: transparente, honesto e decente.

Um comentário:

andre wernner disse...

O Brasil espoliado, meu caro Costajr., sempre viveu com essa podridão, com esses atos cretinos de 'donatários' que açambarbam a Pátria amada.

Independente de qual governo, e principalmente, nesse que foi montado pelas vias da "esperança" e ilusão dos brasileiros, o crime político tem e deve ser apurado com a precisão de um relógio suiço.

Essa argumentação do Mantega é pura balela que, aliás, serve para mostrar a fragilidade do governo e o tratamento especial que os adeptos do lulo-petismo tem na hierarquia do poder.

A propósito, tem ouvido falar no Marcos Valério? O dono do valerioduto, o maior escândalo nacional?
Pois é, está curtindo os dólares e gozando da cara dos brasileiro, junto com a sua gang.

Voto neles!
Abs./