28 setembro, 2006

Lula, o fujão!

Lula é obrigado a ir a debates? claro que não é. Mas a carta que ele mandou à TV Globo por volta das 19 horas o transformou num fujão. Fugiu do debate, das explicações que ele deve como presidente e candidato a milhões de eleitores que ainda acreditam nele. Ele precisava ir para defender o seu governo dessa lama de corrupção. Mas ele não vai. Lula alegou que seria atacado de forma virulenta, mentiu mais uma vez, mentir e roubar quando se começa não pára. O formato do debate não permite ataques pessoais, mesmo assim, o Lula preferiu se omitir, talvez ele alegue no futuro que desconhecia o debate da Globo.

De que Lula fugiu?

1- de Heloísa Helena, ela desmascararia o Lula mítico, ela o conhece bem.

2- de dar explicações sobre o Dossiê e a lentidão da Polícia Federal

3- de explicar seu plano de governo, ele não tem paciência sequer para governar

4 - da possibilidade de cometer um escorregão e ameaçar sua reeleição

Não vai adiantar, Lula, no segundo Turno você terá que ir aos debates!

Leiam a carta cínica de Lula à TV Globo

"Venho agradecer, respeitosamente, o convite desta emissora para participar do debate sobre as eleições presidenciais, marcado para hoje. Sou um dos políticos que mais participou de debates eleitorais neste país. No entanto, é fato público e notório o grau de virulência e desespero de alguns adversários, que estão deixando em segundo plano o debate de propostas e idéias, para se dedicar, quase exclusivamente, aos ataques gratuitos e agressões pessoais.

Tenho demonstrado, em toda a minha vida, compromisso com os princípios democráticos e disposição para enfrentar qualquer tipo de debate. Somente na TV Globo, participei de três entrevistas ao vivo no ‘Jornal Nacional’, no ‘Jornal da Globo’ e no ‘Bom Dia Brasil’ com perguntas livres e contundentes. O tom polêmico destas entrevistas, e a maneira como me comportei, demonstram que não tenho receio de enfrentar o debate franco e democrático.

Não posso, porém, render-me à ação premeditada e articulada de alguns adversários que pretendiam transformar o debate desta noite em uma arena de grosserias e agressões, em um jogo de cartas marcadas.

Aproveito para reafirmar o meu respeito à TV Globo e parabenizá-la pelo trabalho isento que vem fazendo na cobertura destas eleições."

Nenhum comentário: