07 agosto, 2006

Novos e nossos Heróis

A primeira vez que visitei Brasilia foi em julho de 2001. Como todo turista, fui até a Praça dos Três Poderes, conheci todo o conjunto arquitetônico e, claro, visitei o Panteão da Pátria. Lá, estão os chamados heróis do Brasil. Tem de Zumbi a Tiradentes. O Brasil é um país de heróis ecléticos. Por isso lanço uma campanha para que o nosso Panteão seja acrescido de mais três nomes: Roberto Jefferson, Luís Antônio Vedoim e Darcy Vedoim. Qual o heroísmo deles? Ter mostrado ao país a verdadeira natureza do PT e do governo Lula. Se a democracia, o Estado de direito, e as liberdades individuais aindam resistem, foi por conta das afirmações desses homens, heróis tão humanos, que não se incomodam de serem chamados de corruptos, porque são, mas que não admitiram descer ao esgoto sozinho, trouxeram consigo, o Q.G da corrupção: o governo Lula.


Nenhum comentário: