24 julho, 2006

Lula, o Magnífico.

Dizem que Lula não lê nada, apenas o caderno de esportes para se inteirar da performance do Timão. Como o Timão está em crise, nem esse caderno Lula deve estar lendo.
Desconfio que nosso presidente decidiu sim, começar a ler. Acho até que ele começou bem. tudo indica que ele esteja se interessando por História Geral, mesmo porque a história do Brasil é ele quem faz.

Depois de ler, suponho, as realizações de Alexandre, o Magno; de Átila, o flagelo de Deus; de Carlos, o Magno e de Pepino, o breve, além de Cipião, o africano; Lula começou a cultivar a idéia de que merece uma alcunha digna de seu governo. Em Olinda se queixou aos participantes de um seminário de que gostaria de ter sido reitor, para ser chamado de Magnífico. Imaginem, daqui a 10 anos, nossos filhos abrindo os livros de História vão ler: o presidente Lula, o magnífico, presidiu o país com os maiores casos de corrupção do história republicana e não sabia de nada. Eis porque ele é magnífico!

Ainda em Olinda o presidente prometeu mais uma vez fazer uma reforma política, caso seja reeleito, dizendo que só assim o povo recuperaria o respeito pelos políticos. Sugiro ao presidente, que se é para recuperar o prestígio dos políticos com o povo, a reforma não é política, mas moral.

Um comentário:

illamaria disse...

Grande Zé... adorei a ideia do blog... Continue dividindo seus pensamentos conosco!!!
bjo