19 julho, 2006

Desculpe Bruno Maranhão

Acabou de sair uma decisão judicial sobre a invasão da câmara em junho. Nela a sua excelência o juiz substituto da 10a vara, Ricardo Leite, considera a Câmara Legislativa a rsponsável pela baderna que depredou a casa e quase matou um servidor. Segundo o magistrado, não houve indício de planejamento do quebra-quebra, e sim, menoscabo por parte das autoridades do congresso de não atuarem para evitar o conflito, que parecia inevitável! Pois bem, os militantes-baderneiros do MLST, que recebe dinheiro do governo, e segundo consta nos autos do processo, foram assessorados por órgãos do governo, o que é ilegal, nesse processo, estão soltos e felizes, prontos para mais uma ação com o beneplácito da União e agora também da justiça!

Ah! a Roma republicana! primeiro os Gracos desrespeitaram as leis da república, em seguida foram os senadores que flexibilizaram o entendimento da lei, depois a corrupção das autoridades da república, aí vieram as guerras civis e as revoltas de escravos e, finalmente... a república romana acaba, e nasce o império, que a exceção do primeiro, Caio Otaviano, o augusto, não foi pródigo em bons imperadores.

Um comentário:

Daniel. disse...

Vou linkar seu blog no meu. Produzindo bastante... cuidado pra não ficar cara a conta de telefone ou algo assim! =]

Abraço.